Idris Elba desistiu de ser Bond por conta do racismo

Idris Elba é uma das grandes estrelas do cinema internacional no século 21. Pelo estilo, competência e simpatia, o britânico se tornou um dos favoritos para se tornar o primeiro negro a interpretar James Bond nos cinemas.  Desistiu por causa do racismo“Não preciso disso”, disse ele que revelou desapontamento com comentários racistas.

Em entrevista à Vanity Fair, Elba declarou que nunca manifestou interesse em viver 007, mas que aceitaria um provável convite. “Você fica com o coração partido quando vê pessoas dizendo: ‘Não é possível’. Por causa da cor da minha pele, claro”. LEIA A ENTREVISTA AQUI

A conversa está disponível na edição de agosto da revista. Idris adicionou que “e se eu aceitar e não der certo? Seria pela cor da minha pele? É uma posição complicada de se colocar. E eu não preciso disso”. “James Bond é um personagem icônico. Ele move as pessoas. Claro que se alguém me propusesse, ‘você quer ser James Bond’? Eu diria que sim. É fascinante pra mim. Mas não é um desejo. Eu não penso em ser o James Bond negro”, concluiu. 

Filho de imigrantes de Gana e Serra Leoa, Idrissa Akuna Elba cresceu no bairro suburbano do Hackney, em Londres e faz questão de exaltar e lutas por suas raízes. Por isso, não poupa críticas ao racismo e a falta de oportunidades para artistas negros.